Aulas Abertas


Modelação matemática na epidemiologia

Prof. Doutor Ruy Ribeiro
Diretor do Laboratório de Biomatemática, FMUL

Resumo: Neste tempo de pandemia do SARS-CoV2 tem-se falado muito sobre modelos matemáticos em epidemiologia e as suas previsões. Nesta aula apresentarei os conceitos fundamentais destes modelos e da sua utilização. A partir do conceito fundamental do modelo SIR até as aplicações modernas e mais sofisticadas dos modelos por agentes. Estes cocneitos serão ilustrados com exemplos de diversas doenças infeciosas.

Assista ao vídeo da aula aberta aqui.


”Epidemiologia Clínica”

Prof. Doutor Evangelista Rocha
Professor Associado aposentado Instituto de Medicina Preventiva e Saúde Pública Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Resumo: O termo “epidemiologia clínica” foi utilizado pela primeira vez por John R. Paul, que o definiu como a junção de conceitos quantitativos utilizados por epidemiologistas para estudar as doenças nas populações e a sua aplicação no apoio à tomada de decisões na prática clínica.
Esta definição implica que os clínicos devem ter em consideração achados de estudos populacionais das condições clínicas.
Nesta aula serão abordadas várias áreas de interesse da Epidemiologia Clínica, como características de um teste de diagnóstico, medidas de efeito, recomendações, fatores de risco e prognóstico e medidas de prevenção.

Assista ao vídeo da aula aberta aqui 


”Epidemiologia Molecular”

Prof. Doutor João Lavinha
Professor Associado aposentado
Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge

Tópicos da aula: Epidemiologia genética: definição, disciplinas associadas, desenhos de estudo (clássicos e pós-genómicos). Interações genes-ambiente: padrões, resposta adaptativa. Epidemiologia molecular: definição, marcadores (de exposição, doença, suscetibilidade). Arquitetura genética de um fenótipo: mapa genótipo-fenótipo.

Assista ao vídeo da aula aberta aqui.


“Informática em Epidemiologia e Saúde Pública”

Mário J. Gaspar da Silva

Professor Catedrático do Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico

Resumo: O que é a informática médica e que dimensões integra? Os dados biomédicos, seus tipos, características e contextos de produção. Sistemas clínicos.
O uso da informática médica na Saúde Pública e a sua relação com as funções da Saúde Pública. Os sistemas de informação em Saúde Pública: vigilância, geomonitorização, a integração de sistemas, o ‘big data’. A genómica e a medicina de precisão. Desafios da Informática na Saúde Pública.

Assista ao vídeo da aula aberta aqui.


“A comunicação e discussão social de resultados científicos”

Resumo: A disseminação de resultados científicos para o grande público através dos media pressupõe comunicação entre cientistas e jornalistas, um processo que põe frente a frente dois mundos à parte, com interesses e objectivos bem distintos. É possível conciliá-los, servindo o público com informação rigorosa e interessante? O que podem os cientistas aprender com os jornalistas e vice-versa?

Assista ao vídeo da aula aberta aqui.